It’s Alive! 2020 (Online)

Por via das ordens de isolamento social, o It’s Alive! de 2020 foi feito via online. No passado dia 04 de Abril, pelas 18h (GMT), 50 autores ligaram-se através do Discord, do Facebook e do Instagram para partilhar um momento síncrono de escrita criativa em honra de Mary Shelley e da Literatura.

Foram mais de 37 000 palavras escritas! E só estamos a contar com cerca de 20 autores que partilharam connosco as suas conquistas.

Mas mais que o número de palavras, ou quantas histórias surgiram, foi o facto de saber que tantos escritores, numa espécie de irmandade da palavra, se reuniram para criar, dando ao mundo novas narrativas. É o sintoma que há massa criativa em Portugal, que a palavra ainda tem muitos amantes.

E isso reforça o sentido de missão da Imaginauta.

Estamos aqui para todos vós: escritores e leitores.

It’s Alive! 2020 – Online

Corria o ano de 1816, o chamado”Ano sem Verão“.

O Monte Tambora entrou em erupção, projectando toneladas de cinzas para atmosfera, escurecendo os céus, alterando clima de tal maneira que se viveu uma das piores fomes da Europa no século XIX.

Lord Byron, Percy Shelley, John Polidori e Mary Shelley passavam as férias ao largo de um lago na Suiça. A chuva e atmosfera sombria fechavam-nos em casa, a ler histórias de terror e a falar das últimas descobertas científicas. Até que Lord Byron propõe um desafio: escrever uma história de terror!

A jovem de 16 anos Mary Shelley criou “Frankeinstein, ou o Prometeu Moderno”, com este romance que reverberou até ao presente, muitos dizem quem criou também a ficção científica. John Polidori, por sua vez, escreveu “Um Fragmento”, uma das primeiras histórias de vampiros tal como hoje os imaginamos. Lord Byron escreveu o poema “Darkness” sobre o fim da humanidade ( ENG | PT ).

Na Imaginauta, em honra destes monumentos da literatura, organizamos desde 2017 (inspirados no Tu, Frankeinstein do Brasil e no It’s Alive em Portugal) uma maratona de escrita criativa. Convidamos escritores e, ao mesmo tempo, todos criamos uma história de terror, num evento que ficou conhecido por “It´s Alive!” (ver AQUI edições passadas)

Este ano, que por força de uma pandemia, a sociedade portuguesa isola-se e muitos estão em quarentena, espelhando o ambiente na Villa Diodati em 1816.

Assim, decidimos organizar um It’s Alive! online. Às 18h de dia 4 de Abril de 2020 juntem-se a nós e escrevam uma história a partir do zero até ao fim numa só assentada. Escrevam uma história negra, sabendo que estarão a comunhar com outros tantos escritores num momento de criação contra a escuridão que se aproxima.

No dia, visitem o Facebook ou Instagram da Imaginauta para contar a vossa experiência e trocar ideias com outros escritores nos tópicos que iremos criar e usem a hashtag #ItsAlive2020.

Canal Discord: https://discordapp.com/invite/EtsJsZh

Os nosso retratistas a óleo encontram-se afincadamente a fazer uma galeria dos participantes, se quiserem juntar-se a nós, enviem-nos uma fotografia para correio@imaginauta.net.

Festival Contacto 2020

O Festival Literário de Ficção Científica e Fantasia Contacto irá estar de volta em 2020.

Reservem os dias 17 e 18 de Abril nas vossas agendas e preparem-se para um evento de perder a cabeça!

Vamos revelar mais em breve.

O cartaz deste ano é da autoria da Joana Afonso.

Artista gráfica vencedora de prémios nacionais (Amadora BD, Central Comics), publicada internacionalmente (Ziniol, Image Comics) e professora na FBAUL. Um currículo invejável de uma jovem autora que nunca se apresenta com uma obra menos que fantástica. A sua mais recente publicação é a banda-desenhada Zahna.
Sabe mais AQUI

Lançamento “Contos do Rei de Amarelo” – Rescaldo

No passado dia 12 de Setembro de 2019 a Imaginauta teve o prazer de transformar a sala 2 do cinema São Jorge no Quarto Amarelo, durante o motelX, e apresentar o Contos do Rei de Amarelo.

Abriu-se as hostilidades com o jogo narrativo digital “O Quarto Amarelo”, inspirado nas ombras de Robert W. Chambers, Ambrose Bierce e Charlotte Perkins Gilman (recomendamos vivamente a leitura do “The Yellow Wallpaper”, um conto acerca dos supostos tratamentos para histeria que as mulheres tinham que aguentar no final do século XIX). Um jogo excelente trazido pelo trio Isaque Sanches, João Antunes e Gonçalo Guiomar.

Começou tímido, mas à medida que a história se foi desenrolando e os possíveis resultados das escolhas se foram revelando, foram-se juntando mais e mais pessoas sedentas de saber os segredos do quarto amarelo.

Desligaram-se as luzes e a loucura daqueles que lêem o Rei de Amarelo desceu sobre a sala numa instalação sonora do André Sobral que deixou muitos em pele de galinha.

Quando os holofotes (amarelos) voltaram a brilhar e a silhueta de Carcosa surgiu no horizonte a Imaginauta convidou o João Pinto, para falar das ilustrações que fez para o Contos do Rei de Amarelo e o actor do Miguel Borges, a convite do motelX, para nos falar da experiência como actor em peças desafiantes.

No final, ainda houve tempo para alguns autógrafos desenhados que possibilitaram quem foi de levar uma personalização do livro para casa.

Os restantes títulos da Imaginauta estiveram também presentes com até um novo título da colecção Barbante: Similitude do Nuno Miranda Ribeiro.

Museu da Lua

João Barreiros (o autor), Carlos Silva e Cristina Alves a ler o conto Efemérides, acerca de um futuro alternativo em que Kennedy não morreu e a Lua foi colonizada com tecnologia dos anos 60, para horror da personagem principal, Russel.

Esta foi uma iniciativa Imaginauta e The Portuguese Portal of Fantasy and Science Fiction, em conjunto com a Câmara Municipal de Oeiras e British Council para promover o Museu da Lua, uma obra de arte que consiste numa lua insuflável suspensa, enquadrada num jogo de luzes e som.

O conto Efemérides foi publicado pela primeira vez em 1999 pelo jornal Público, ressurgindo uma segunda vez na antologia Se Acordar Antes de Morrer, versão esta que foi a usada na leitura.

Da direita para a esquerda: Carlos Silva, Cristina Alves e João Barreiros

E serviu ainda este evento para encontrar alguns fãs da Imaginauta e do João Barreiros, como o Leonardo Duprates, que trouxe consigo o exemplar do Crazy Equóides que encontrou na Livraria Lello do Porto e que assim o personalizou com um autógrafo do autor.

Museu da Lua

Na celebração dos 50 anos da chegada do Homem à Lua, o Município de Oeiras irá instalar nos jardins do Palácio do Marquês de Pombal uma réplica de 7 metros de diâmetro do nosso satélite natural.

Nos próximos dias 5 a 8 de Julho a obra de Luke Jerram, que anda em digressão pelo mundo desde 2017 poderá ser apreciada de maneira gratuíta, sempre acompanhada por uma programação cultural.

A Imaginauta estará presente no dia 6 de Julho. Pelas 21.00, poderá sentar-se nos jardins a ouvir um conto de ficção científica da autoria de João Barreiros, sobre como seria a colonização da lua com a tecnologia dos anos 60. Será lido a três vozes, pelo autor, por Carlos Silva e Cristina Alves.

SciFiLx – Rescaldo

Estivemos presentes no dia 16 e 17 de Julho no SciFiLx 2016 e podemos dizer que foi fantástico!

De ano para ano o evento tem crescido em quantidade e qualidade, vendo-se o amadurecimento da organização e do público. De destacar a qualidade da escolha do cinema e da exposição de BD.

Na nossa banca conhecemos imensa gente e demo-nos a conhecer. Foi um prazer ver as pessoas interessadas nas nossas publicações, desde os Barbantes até ao Serralves.

Agradecemos a todos os que vieram, com um carinho especial para os que foram ao workshop de criação de personagens. Assim como à organização que nos convidou.

13680076_1044002882302023_8285758214341018285_o

Até para o ano!

13716217_1254037021283842_2057291766010866962_n

 

 

Silence Day – A reportagem

E assim foi mais um evento organizado pela Imaginauta (com a ajuda indispensável do Spawn Point e Whoniverso).

Quem chegava era logo brindado com a fantástica banca do Handmade SciFiLx (se não compraram o que queriam terão uma nova oportunidade no SciFiLx 2016)
IMG_0644

Depois de tirar um Jelly Baby (bear) e escapar dos monstros residentes havia muito para fazer.

IMG_0643IMG_0637.JPG

Comandar um exército Dalek (Risco Doctor Who), aventurar-se numa estação espacial com mistérios para resolver (Sessão de RPG) e ainda arranjar a linha temporal (Chrononauts).

IMG_0639IMG_0641IMG_0648

Foi uma tarde muito divertida e esperamos voltar a repetir.
Obrigado a todos!