Similitude

Temos um novo número da colecção Barbante!

O número 15, para ser mais preciso.

Para quem não sabe, é uma colecção de micro-contos, disponível conto a conto num formato muito barato. Uma boa maneira de conhecer novos autores, novas ideias e ocupar aqueles 5 minutos antes do autocarro chegar, ou enquanto esperamos que aquele nosso amigo chegue finalmente.

Similitudes fala-nos de um mundo povoado de avatares que substituem os donos em quase todas as situações e que mudanças isso fez na sociedade.

Isto tudo em 1000 palavras!

Anúncios

Lançamento “Contos do Rei de Amarelo” – Rescaldo

No passado dia 12 de Setembro de 2019 a Imaginauta teve o prazer de transformar a sala 2 do cinema São Jorge no Quarto Amarelo, durante o motelX, e apresentar o Contos do Rei de Amarelo.

Abriu-se as hostilidades com o jogo narrativo digital “O Quarto Amarelo”, inspirado nas ombras de Robert W. Chambers, Ambrose Bierce e Charlotte Perkins Gilman (recomendamos vivamente a leitura do “The Yellow Wallpaper”, um conto acerca dos supostos tratamentos para histeria que as mulheres tinham que aguentar no final do século XIX). Um jogo excelente trazido pelo trio Isaque Sanches, João Antunes e Gonçalo Guiomar.

Começou tímido, mas à medida que a história se foi desenrolando e os possíveis resultados das escolhas se foram revelando, foram-se juntando mais e mais pessoas sedentas de saber os segredos do quarto amarelo.

Desligaram-se as luzes e a loucura daqueles que lêem o Rei de Amarelo desceu sobre a sala numa instalação sonora do André Sobral que deixou muitos em pele de galinha.

Quando os holofotes (amarelos) voltaram a brilhar e a silhueta de Carcosa surgiu no horizonte a Imaginauta convidou o João Pinto, para falar das ilustrações que fez para o Contos do Rei de Amarelo e o actor do Miguel Borges, a convite do motelX, para nos falar da experiência como actor em peças desafiantes.

No final, ainda houve tempo para alguns autógrafos desenhados que possibilitaram quem foi de levar uma personalização do livro para casa.

Os restantes títulos da Imaginauta estiveram também presentes com até um novo título da colecção Barbante: Similitude do Nuno Miranda Ribeiro.

Lançamento “Contos do Rei de Amarelo”

Pobres daqueles que caem nas mãos do Deus vivo! Não sobre nós, oh Rei, não sobre nós!

A apresentação do livro “Contos do Rei de Amarelo” vai decorrer durante o motelx (Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa) no dia 12 de Setembro, na sala 2 do Cinema São Jorge.

Para além do livro, preparámos algumas surpresas para os fãs de terror. Das 19h00 às 21h00 haverá uma instalação interactiva de texto onde poderás viver na pele de alguém que caiu nas mãos do Rei de Amarelo. O jogo foi desenvolvido pelo Isaque Sanches, João Antunes e Gonçalo Guiomar e inspira-se tanto no Contos do Rei de Amarelo como conto feminista de terror “O Papel de Parede Amarelo” de Charlotte Perkins Gilman.

Minutos antes do livro ser apresentado vamos tocar uma audiopeça de terror da autoria do actor André Sobral, com passagens dos Contos do Rei de Amarelo.

No lançamento, contaremos com a presença do actor Miguel Borges e ilustrador João Pinto, responsável pelas ilustrações interiores do livro.

O livro estará disponível durante o festival a preço de lançamento (10% de desconto) e após este será enviado para as livrarias generalistas.

Museu da Lua

João Barreiros (o autor), Carlos Silva e Cristina Alves a ler o conto Efemérides, acerca de um futuro alternativo em que Kennedy não morreu e a Lua foi colonizada com tecnologia dos anos 60, para horror da personagem principal, Russel.

Esta foi uma iniciativa Imaginauta e The Portuguese Portal of Fantasy and Science Fiction, em conjunto com a Câmara Municipal de Oeiras e British Council para promover o Museu da Lua, uma obra de arte que consiste numa lua insuflável suspensa, enquadrada num jogo de luzes e som.

O conto Efemérides foi publicado pela primeira vez em 1999 pelo jornal Público, ressurgindo uma segunda vez na antologia Se Acordar Antes de Morrer, versão esta que foi a usada na leitura.

Da direita para a esquerda: Carlos Silva, Cristina Alves e João Barreiros

E serviu ainda este evento para encontrar alguns fãs da Imaginauta e do João Barreiros, como o Leonardo Duprates, que trouxe consigo o exemplar do Crazy Equóides que encontrou na Livraria Lello do Porto e que assim o personalizou com um autógrafo do autor.

Museu da Lua

Na celebração dos 50 anos da chegada do Homem à Lua, o Município de Oeiras irá instalar nos jardins do Palácio do Marquês de Pombal uma réplica de 7 metros de diâmetro do nosso satélite natural.

Nos próximos dias 5 a 8 de Julho a obra de Luke Jerram, que anda em digressão pelo mundo desde 2017 poderá ser apreciada de maneira gratuíta, sempre acompanhada por uma programação cultural.

A Imaginauta estará presente no dia 6 de Julho. Pelas 21.00, poderá sentar-se nos jardins a ouvir um conto de ficção científica da autoria de João Barreiros, sobre como seria a colonização da lua com a tecnologia dos anos 60. Será lido a três vozes, pelo autor, por Carlos Silva e Cristina Alves.

Seleccionados para Antologia Ficção Especulativa Queer

À laia de comemoração do mês do orgulho LGBTQ, revelamos aqui em exclusivo os contos seleccionados para a Antologia de Ficção Especulativa Queer.

A selecção foi feita de entre os textos enviados para a Imaginauta pela equipa de leitura desta em parceria com uma equipa de leitura do site esQrever.

Os autores foram contactados e em breve começará o processo de edição dos textos para serem incluídos na antologia.

Imaginauta na Feira do Livro de Lisboa 2019

A 89ª Feira do Livro de Lisboa já começou no passado dia 29 de Maio e vai estender-se até 16 de Junho.

De segunda a quinta das 12h30 às 22h00, sexta das 12h30 às 00h00, Sábado das 11h00 às 00h00 e Domingo das 11h00 às 22h00.

Vão ser quase 3 semanas de livros, descontos, alfarrábios e novidades, autógrafos e eventos. E este ano há mais uma razão para ir lá fazer uma visita.

A Imaginauta tem lá os seus dois últimos livros (Amadis de Gaula e Lisboa Oculta) com um desconto de 20%. Basta ir à barraquinha da Europress C09, C10 e C13.

Boas leituras!