Oficina Ferramentas de Escrita 2020


Inscrições Abertas


Todos nós somos capazes de escrever. De juntar letras umas às outras, palavras, frases, mas escrever uma história por vezes parece não estar ao alcance de qualquer um. É um percurso árduo, cheio de becos sem saída e ruas tortuosas, que muitas vezes desmotivam escritores com muito potencial.

A Oficina de Ferramentas de Escrita propõe-se a encurtar este percurso, a apontar para alguns perigos, enfim, passar a nossa experiência de modo a proporcionar aos autores um crescimento mais acelerado e com menos revés. Um escritor, iniciante ou mais avançado, que frequente esta oficina, ficará com mais e melhores ferramentas ao seu dispor que o ajudarão a levar os seus projectos literários a bom porto.

Embora esta Oficina seja dada na perspectiva de ficção especulativa, a maior parte dos temas abordado são transversais a toda a literatura e serão úteis a qualquer tipo de escritor. As sessões temáticas abordarão tanto temas literários fulcrais na construcção de obras de ficção de qualidade, como assuntos ligados ao mundo do trabalho criativo, menos falados na maior parte das oficinas, mas nem por isso menos importantes. Por fim, e porque vivemos num mundo com um acesso cada vez mais democrático à cultura, iremos debruçar-nos também sobre o processo de criação do livro enquanto objecto (físico ou digital) e o mercado deste.

A oficina decorrerá nos primeiros Sábados de cada mês às 9h30, na Biblioteca de Marvila (Lisboa), e consiste em 11 sessões de 3h a 4h (com uma pausa a meio).

  • Seis delas serão temáticas, em que será focado um aspecto específico a desenvolver.
  • Quatro serão Rodas de Leitura e Crítica, onde os escritores poderão ler e criticar os textos uns dos outros e em conjunto evoluir. Uma adaptação do famoso Método de Milford.
  • Uma será dedicada a um exercício de paginação básica de um conto do autor, de modo a prepará-lo para impressão.
FevereiroFicção Especulativa:
a literatura das ideias
– Introdução às oficinas
– Géneros, sub-géneros e outras etiquetas
– Temáticas correntes
Gedankenexperiment
MarçoRoda de Leitura e Crítica 0 – Explicação do Método de Milford adaptado
– Crítica a um texto de exemplo dado na sessão anterior
– Gestão das críticas
AbrilMundicriação – Mundos tridimensionais vs mundos de “papelão”
– Testes de resistência/consistência
– Inspiração para lá da cultura anglo-saxónica.
– Discussão de exemplos em obras de ficção conhecidas.
Maio Roda de Leitura e Crítica 1 – Ronda de críticas literárias
– Resposta do autor
JunhoEstrutura narrativa– Modelos de narrativa/arco de personagem
– Arquétipos, tropos e clichês
– Discussão de arcos de narrativa em obras de ficção conhecidas
– Subversão de expectativas
Julho Roda de Leitura e Crítica 2– Ronda de críticas literárias
– Resposta do autor
AgostoGestão de ideias e
organização de tempo
– Motivação e falsas-ajudas
– Anotar, organizar e usar ideias
– Técnicas de foco
– Escrever um livro com metodologia de – um projecto
Setembro Roda de Leitura e Crítica 3 – Ronda de críticas literárias
– Resposta do autor
OutubroFerramentas digitais para
escritores/auto-publicação
– Freeware de edição de texto, paginação, conversão de formatos
– Freeware de edição de imagem
– Exemplo prático de fazer um símbolo (nível muito básico), p.e. um alfabeto diferente, um caracter mágico, etc.
NovembroOficina de paginação básica– Exemplificação de paginação básica
– Esclarecimento de dúvidas acerca da paginação dos contos escolhidos
DezembroMundo Editorial – Ciclo de um livro
– Custo de um livro e preço de venda
– Editoras, auto-publicação, Vanity Press, empresas de serviços, editoriais, gráficas, etc…
– Armadilhas para autores

A Oficina de Ferramentas de Escrita tem uma lotação limitada de 20 pessoas e a totalidade das sessões (graças ao inestimável apoio da Biblioteca Municipal de Marvila) tem um custo de 60€.

A participação na Oficina de Ferramentas de Escrita carece de inscrição prévia AQUI e as vagas serão atribuídas por ordem de inscrição. O/a autor/a inscrito/a receberá então um email para validar a inscrição efectuando o pagamento.

No eventual caso de haver vagas, é possível ir a uma sessão temática isoladamente, tendo o custo de 20€ por sessão. O interesse na sessão deverá ser demonstrado AQUI.

Formadores

Carlos Eduardo Silva

Escritor, argumentista e editor. Carlos Eduardo Silva, tendo obra publicadas em Portugal, Brasil e Espanha.

Poderão encontrar os seus contos em diversas antologias como Lisboa no Ano 2000 da Saída de Emergência, ou em revistas como a Bang!

Foi o vencedor do Prémio Divergência 2015 com o romance “Anjos”


Colaborou com o Museu Bordalo Pinheiro na criação da biografia de Rafael Bordalo Pinheiro em banda-desenhada e encontra-se a finalizar um álbum com o desenhador Penim Loureiro. Escreveu duas curtas metragens, que deram origem aos spots publicitários do motelx – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa em 2015 e 2016

É o fundador e editor da Imaginauta, uma editora de ficção especulativa que também é responsável por eventos de promoção do género como o Festival Contacto, o It’s Alive! e oficinas de estrutura de narrativa para professores de ensino secundário.

É formado em Engenharia Biológica e é formador certificado pelo IEFP.

Bruno Martins Soares

Escritor, argumentista, dramaturgo e publicitário, Bruno Martins Soares ganhou o
Prémio Nacional de Jovens Criadores na vertente de Literatura, tendo representado
Portugal na Feira de Jovens Criadores da Europa e do Mediterrâneo em Turim, e
venceu o Grande Prémio Adamastor do Fantástico 2019 com o seu segundo romance
de Ficção Científica: “A Batalha da Escuridão”.


Em 2013, co-escreveu e co-produziu a longa-metragem “Regret”, da produtora Castaway Entertainment com distribuição nos EUA e Canadá, e entre 2015 e 2017, escreveu e co-produziu a curta-metragem “Desvio”, Award of Merit da Best Shorts Competition, para além de três outras curtas-metragens e dois pilotos para TV. A sua peça “O Papel” foi também encenada pela produtora This Is That.

É formado em Gestão de Empresas, tirou vários cursos nas áreas comportamentais e é formador certificado pelo IEFP.

Cristina Alves

Cristina Alves demonstrou, desde cedo, uma peculiar atracção pelos livros. Mesmo tendo escolhido a área científica como formação, tem, desde sempre, estado envolvida com a crítica
de livros e banda desenhada.


Entre as participações mais recentes destacam-se os júris de banda desenhada para os prémios AmadoraBD e Comic Con, a participação em inúmeros eventos nacionais e internacionais onde disserta sobre livros, banda desenhada e jogos de tabuleiro (Fórum Fantástico, Worldcon, Eurocon).

Organiza, há mais de uma década, o projecto Rascunhos (blogue e programa de rádio) e, mais recentemente, o The Portuguese Portal of Fantasy and Science Fiction (um projecto colaborativo de divulgação da produção nacional).