Aquontes – Rui Ramos e João Pinto

Os Aquontes são uma espécie alienígena do universo do Comandante Serralves. São pacíficos, gentis e altruístas, viajando de sistema planetário em sistema planetário em imensas naves geracionais escavadas em asteróides.

Comunicam por bioluminescência, embora sejam conhecidos por criar drones similares às espécies inteligentes com quem contactam para facilitar a comunicação.

O João Pinto (esquerda) e Rui Ramos (direita) enviaram-nos as suas interpretações destes gigantes aquáticos, que a partir de hoje fazem parte da galeria de imagens do Projecto Serralves.

Lançamento “Contos do Rei de Amarelo” – Rescaldo

No passado dia 12 de Setembro de 2019 a Imaginauta teve o prazer de transformar a sala 2 do cinema São Jorge no Quarto Amarelo, durante o motelX, e apresentar o Contos do Rei de Amarelo.

Abriu-se as hostilidades com o jogo narrativo digital “O Quarto Amarelo”, inspirado nas ombras de Robert W. Chambers, Ambrose Bierce e Charlotte Perkins Gilman (recomendamos vivamente a leitura do “The Yellow Wallpaper”, um conto acerca dos supostos tratamentos para histeria que as mulheres tinham que aguentar no final do século XIX). Um jogo excelente trazido pelo trio Isaque Sanches, João Antunes e Gonçalo Guiomar.

Começou tímido, mas à medida que a história se foi desenrolando e os possíveis resultados das escolhas se foram revelando, foram-se juntando mais e mais pessoas sedentas de saber os segredos do quarto amarelo.

Desligaram-se as luzes e a loucura daqueles que lêem o Rei de Amarelo desceu sobre a sala numa instalação sonora do André Sobral que deixou muitos em pele de galinha.

Quando os holofotes (amarelos) voltaram a brilhar e a silhueta de Carcosa surgiu no horizonte a Imaginauta convidou o João Pinto, para falar das ilustrações que fez para o Contos do Rei de Amarelo e o actor do Miguel Borges, a convite do motelX, para nos falar da experiência como actor em peças desafiantes.

No final, ainda houve tempo para alguns autógrafos desenhados que possibilitaram quem foi de levar uma personalização do livro para casa.

Os restantes títulos da Imaginauta estiveram também presentes com até um novo título da colecção Barbante: Similitude do Nuno Miranda Ribeiro.